De professor para professor

AULAS EM SÃO PAULO DIVULGAM O MÉTODO KAIUT YOGA E GERAM CURIOSIDADE

Nos dia 23 e 24 de maio, um belo final de semana ensolarado na capital paulista, instrutores de yoga tiveram a chance de conhecer de perto e na prática o Método Kaiut de Yoga. O encontro aconteceu no Espaço Una Yoga, localizado no coração do Jardim Paulista, onde Francisco pode demonstrar e discutir seu método com professores de yoga, a maioria de formação Iyengar e Ashtanga. O convite partiu da professora Daniela Gonçalves, que frequentou algumas aulas na Kaiut Yoga School e se interessou pelo método: “Fiquei impressionada como aluna, tanto com a prática quanto com a escola. Gostei dos procedimentos como o questionário inicial que temos que responder, o que nos acolhe e nos observa com segurança.” comenta Daniela.

O evento despertou a curiosidade dos paulistas. Uma semana antes da data marcada já havia uma fila de espera para uma vaga no seleto grupo. E a expectativa criada foi proporcional ao interesse dos participantes pelo novo método, que vem sendo reconhecido há tanto tempo no exterior e que agora abre caminho também aqui no Brasil. “Os alunos estavam abertos a novas informações e muito interessados. Senti-me recebido com o mesmo entusiasmo que nos Estados Unidos, onde o método já é mais conhecido.”

Foram duas aulas experimentais com espaço aberto para discussões. Para apresentar o Método Kaiut aos professores paulistas, Francisco escolheu dois assuntos que ele considera fundamentais: na primeira aula a prática enfatizou o pescoço e a cintura escapular e, no segundo encontro, o centro das atenções foi o quadril. “São estas as duas grandes questões dos professores de yoga, o pescoço e o quadril. Sabia que a comunicação com eles seria mais forte se tratássemos desses temas” comenta Francisco. Felizmente o primeiro contato com o método surtiu resultados enriquecedores. “Notei que muitos ficaram surpresos com a profundidade das sensações” completa. Para Daniela Gonçalves os alunos gostaram bastante da experiência e o encontro gerou uma boa discussão. “Surgiram algumas polêmicas e houve um certo estranhamento, como é de se esperar daquilo que é novo e diferente. Leva um tempo para que a gente compreenda o método. Mas vejo que Francisco é bem fundamentado naquilo que ele apresenta e tenho vontade de entender um pouco mais de sua técnica para obter uma opinião mais sólida”, diz Daniela.

E esta curiosidade vai gerar um novo encontro no mês de junho, nos dias 20 e 21, no Espaço Una Yoga. Uma nova oportunidade de conhecer o Método Kaiut de Yoga e de beber direto da fonte, esclarecendo dúvidas com seu criador.

Subscribe Our Newsletter

Newsletter

Não vá embora!

Inscreva-se na nossa Newsletter e não perca as últimas novidades.