Prazer da Aprendizagem

Imersão ajuda alunos a compreender a metodologia Kaiut Yoga.

A Kaiut Yoga School de Curitiba deu início à quinta edição do Curso de Introdução ao Método Kaiut Yoga neste fim de semana. A aula inaugural, realizada na noite de sexta-feira (10/04), abordou as questões básicas do Yoga e as peculiaridades do método criado por Francisco Kaiut.
As aulas são direcionadas a quem quer se tornar professor e também aos alunos que pretendem ampliar sua compreensão do método. “Queremos com esse curso criar uma maturidade dentro da escola. Os alunos terão acesso à teoria do que eles vivenciam nas aulas práticas do dia a dia. E, além disso, queremos formar novos professores e semear o método Kaiut em diversos lugares através das pessoas que vieram de outras cidades, como São Paulo e Canela, por exemplo”, explica Francisco Kaiut, que orienta o curso.
Com palestras ministradas por convidados especiais e muita prática supervisionada bem de perto por Francisco, o curso tem duração de dois anos. São retiros mensais realizados na Kaiut Yoga School, em Curitiba, onde o aluno mergulha na metodologia. As aulas práticas são permeadas pela teoria, permitindo que o praticante entenda e principalmente sinta, à flor da pele, o que está aprendendo.
O professor de capoeira, pilates e ginástica natural Lori de Almeida se inscreveu no curso em busca de uma complementação profissional. “Estou aqui para conhecer a metodologia e ampliar a minha consciência corporal, conta ele. A servidora pública federal Jeanine Vida tem outra motivação: “Sou aluna do Kaiut há 6 anos e quero compreender o que faço nas aulas, para ter segurança de praticar em casa com a minha filha”, diz. Pensando na própria experiência, a professora Mariana do Rosário resolveu fazer o curso para mudar de ponto de vista: “Quero perder a inocência de aluno, para conhecer o que há por trás da técnica”.
Se depender de Francisco Kaiut, as diferentes expectativas dos participantes serão saciadas. “Esta é a versão mais amadurecida do curso, tanto no conceito quanto na proposta. Por isso é comum que alguns professores refaçam este ciclo buscando o aprofundamento no método. Quanto aos alunos, será uma bela chance de aumentar a consciência do que praticam, resultando em um maior aproveitamento das aulas”, comenta Francisco.

Subscribe Our Newsletter