VOCÊ JÁ PRATICOU YOGA HOJE?

Era a frase que estava escrita na camiseta de um professor de Yoga muito bem quisto na comunidade do Yoga, que à primeira vista pode ser interpretada tão somente na ação de praticar ásanas, o que é compreensível. No entanto, para os que já estão no caminho do Yoga há algum tempo, esta pergunta: “Você já praticou Yoga hoje? ” tem um aspecto mais amplo do que se pensa.
“Praticar Yoga” ao pé da letra, na maioria das vezes, está ligado à prática de ásanas, por sí só, seja numa aula ministrada por um professor ou professora numa sala de um espaço de Yoga ou na prática pessoal que se faz no dia a dia em casa.
Mesmo que o “praticar Yoga” se resuma apenas na prática de ásanas, estabelecer uma prática de posturas do Yoga de forma consistente, ou seja, regular, de preferência todos os dias, decididamente não é fácil.
Podemos contar nos dedos quem são as pessoas de nosso convívio, que apreciam o Yoga, que realmente mantém uma prática sólida e diária.
É fácil dizer da boca pra fora, para ao inglês ver, que pratica todos os dias; no entanto, na Luz do Yoga, são poucos os praticantes e até mesmo professores, que tem disposição e disciplina para tanto.
Então, para quem não tem a prática de Yoga, ásanas, definitivamente estabelecida, vem a pergunta: Como praticar Yoga todos os dias?
Dizem que pelo fato de já deixar o tapetinho de Yoga à vista, isto pode ajudar a criar o hábito de praticar; no entanto, adicionada a essa ação, a boa dica é começar com práticas curtas, de dez, quinze ou vinte minutos.
E, para que esse momento não se perca, anotar num calendário ou agenda que praticou naquela data e as conseguintes, torna-se uma forma concreta e plausível de constatar a evolução que se faz.
Surpreendentemente, vinte e um dias praticados já se passaram e então o praticante nota que o hábito de praticar Yoga-ásanas está latente e que não consegue ficar sem praticar um dia só.
É claro que há um dia ou outro que imprevistos acontecem, como uma pendência com certa empresa de cartões de crédito cujos atendentes e nem a ouvidoria resolvem o problema e toda essa situação acaba por drenar a energia do praticante afastando-o da prática nesse dia.
No entanto, no dia seguinte, o retorno à prática acontece, entra nos eixos e passa a continuar de forma consistente e disciplinada.
Para após quarenta dias anotados no calendário ver que apenas seis dias não foram praticados e que a prática que antes acontecia em apenas 20 minutos diários, agora se estabeleceu em uma hora por dia!
Desta forma o praticar Yoga ao pé da letra referindo-se à ásanas e algumas tentativas de meditar se forma para o resto da vida.
No entanto, como foi dito nas primeira linhas,“Você já praticou Yoga hoje? ” tem um aspecto mais amplo do que se pensa.
Muitos já ouviram falar do Yoga fora do tapetinho, além do mat, ou seja, o Yoga que não se restringe apenas à prática de posturas, que é o Yoga calcado no Autoconhecimento, no estudo das escrituras, no Karma Yoga, nas prescrições Yamas e Nyamas colocados na prática, no dia a dia, com as pessoas a nossa volta, que pode ser até mais trabalhoso de se por em prática do que realizar ásanas todos os dias.
A pergunta: “Você já praticou Yoga hoje?” pode ter muitas respostas diferentes, que pode englobar o que foi exposto aqui ou que praticar Yoga é simplesmente estar presente no aqui e agora.

HUMBERTO J.MENEGHIN

http://yogaemvoga.blogspot.com.br/2016/10/voce-ja-praticou-yoga-hoje.html#more

Subscribe Our Newsletter

Newsletter

Não vá embora!

Inscreva-se na nossa Newsletter e não perca as últimas novidades.