Yoga e cortisol – A prática ajuda a limpar a mente e a reduzir níveis do “hormônio do stress”

[:pb]O cortisol ou “hormônio do stress”, como é popularmente conhecido, regula a função cardiovascular, a pressão sanguínea, as gorduras, os carboidratos e as proteínas do corpo, entre outras atividades. Seus níveis aumentam após situações estressantes físicas e ou emocionais.

Quem sofre com este hormônio, geralmente, tem um ataque de stress seguido por uma incontrolável vontade de consumir alimentos gordurosos ou doces. O que acaba acarretando, também, quilos extras para o corpo. Pois os níveis de cortisol influenciam o aumento de peso. A pessoa sente depressão, desanimo e outros sentimentos negativos. É o contrário da serotonina, que traz sensações de prazer.

Para diminuir os níveis de cortisol existem recomendações alimentares, como consumir chocolate amargo, ovos, salmão, atum, e produtos ricos em vitamina C. Além de uma alimentação mais saudável é necessário também dormir bem, manter a calma e praticar uma atividade física.

Uma prática indicada é o yoga, pois diminui o stress e aumenta o bem estar. Entre muitos benefícios, a atividade influencia diretamente o sistema hormonal, baixando o cortisol e elevando a serotonina e a endorfina, os hormônios da felicidade.

Ao meditar praticando yoga a mente e o corpo são controlados, combatendo o stress e trazendo serenidade e equilíbrio para a vida. Concentrando-se no aqui e agora, sem sofrer com expectativas e descobrindo e agradecendo a felicidade interior.[:]

Subscribe Our Newsletter